09/10/2011

OCITOCINA: O HORMÔNIO DO AMOR


    A ocitocina é um hormônio produzido pelo hipotálamo, e tem a função de promover as contrações musculares uterinas durante o parto e a ejeção do leite durante a amamentação.
    Ela ajuda as pessoas a ficarem juntas por muito tempo. Também é um hormônio ligado ao que as pessoas sentem ao, por exemplo, abraçar seu parceiro de longa data.
   De acordo com um estudo da Universidade de Zurique, se a ocitocina for pingada no nariz de pessoas prestes a começar uma discussão, diminui-se a produção de cortisol, um hormônio produzido em resposta ao estresse da discussão.
   Este hormônio é responsável pela sensação de prazer quando a mãe tem o seu bebê e também quando o pai segura o seu filho nos braços. Vários especialistas a denominam "hormônio do amor".
   A concentração de ocitocina aumenta 40% depois do orgasmo.
   Quando pensamos, então, no termo "fazer amor", temos na ocitocina liberada durante o ato sexual, respaldo científico para utilizarmos esse termo, ao nos relacionarmos sexualmente com o nosso cônjuge.
   Sexo faz bem para o corpo e para o espírito.
   Espero que uma explosão de ocitocina aconteça entre você e o seu cônjuge, a fim de unirem-se ainda mais em amor!!!


   Com carinho, Carolina Mendonça (psicóloga e sexóloga)