04/10/2011

Descobre-se o mapa do orgasmo feminino!


O pesquisador Barry Komisaruk fotografou o cérebro de mulheres enquanto estavam tendo orgasmo.
O estudo, realizado entre 11 mulheres, pôde “fotografar” pela primeira vez as zonas do cérebro que se ativavam durante a estimulação do clitóris, da vagina e do colo do útero. E aí comprovou-se que a cada zona ativa uma parte concreta do cérebro, e que portanto são fontes diretas do prazer.
Ao todo, no processo que conduz ao orgasmo feminino intervêm até 30 zonas diferentes do cérebro e se acordam áreas que têm que ver com o tacto, a memória, o prazer e a dor.
Também se comprovou a reação do cérebro à estimulação dos mamilos, e uma das conclusões mais surpreendentes é que esta estimulação ativa as mesmas áreas cerebrais que intervêm na estimulação genital. Algo que explicaria por que muitas mulheres conseguem orgasmos quando se lhes tocam os peitos.
Esta descoberta poderia ajudar a melhorar a resposta sexual das mulheres que sofreram uma histerectomia (a extirpação do útero) e que têm problemas para atingir orgasmos, já que sofrem danos nas terminações nervosas da vagina e o colo do útero.
Para um estudo posterior ficará a análise sobre por que algumas mulheres têm orgasmos recorrendo unicamente ao pensamento, sem a necessidade de algum tipo de estimulação física.


LINKEDIN