18/02/2013

Campos de atuação do Psicólogo

 
 
 
O campo do psicólogo é quase tão extenso quanto o leque de teorias existente, mas o psicólogo pode atuar em diversas áreas e, de acordo com o CFP (Conselho Federal de Psicologia), estas especialidades são:
Trabalha como um agente que promove mudanças e reflexões junto à comunidade escolar (pais, alunos, comunidade, professores e diretores) a cerca do processo de aprendizagem, relação aluno professor, fatores culturais, sociais, econômicos ou qualquer assunto demandado.
É encarregado de analisar cargos e salários, recrutamento e seleção, pesquisas de clima organizacional, treinamentos comportamentais, intervir em conflitos e avaliação de desempenho dentro de uma instituição laboral.
Estuda o comportamento de motoristas e pedestres, promove ações educativas, planejamento urbano e avaliação psicológica para habilitação de condutores.
· Psicólogo Jurídico
Realiza avaliação psicológica, assessora peritos judiciais, realiza programas de prevenção, tratamento e reabilitação, atende a vítimas de violência e faz mediações judiciais.
Visa promover a saúde, desenvolvimento de competências comportamentais (comunicação, liderança etc) e melhora nas relações interpessoais (equipe técnica e atletas) com o objetivo de provocar um melhor desempenho esportivo.
· Psicólogo Clínico
O psicólogo clínico se utiliza de psicoterapia, orientação familiar, orientação vocacional e psicodiagnóstico com o intuito de prevenção, redução das situações de risco e a melhoria da qualidade de vida do paciente-cliente. (saiba mais)
Atua em instituições de saúde com atendimento secundário ou terciário, intervindo com a família e pacientes (minimizando sofrimento). Ele também trabalha com a equipe médica (promovendo integração e resolução de conflitos) e na relação médico-paciente.
Têm seu foco de trabalho em problemas de aprendizagem; buscando solucionar e avaliar tanto problemas acadêmicos adaptativos e acompanhando de alunos com dificuldades emotivo-cognitivas que influenciam no seu desenvolvimento escolar.
O profissional desta área avalia, previne e trata desvios motores; seria a leitura dos macros e micros movimentos do corpo, procurando traçar as conexões existentes entre os aspectos sensoriais, motores, afetivos, emocionais, cognitivos e de desenvolvimento da pessoa.
O Psicólogo social borda as relações entre os membros de um grupo social e se encontra na fronteira entre a psicologia e a sociologia. Ela busca compreender como o homem se comporta nas suas interações sociais, classes, gêneros, credos etc.
A Neuropsicologia é uma área do conhecimento que investiga as relações entre cérebro e cognição; foca na investigação de como diferentes lesões causam déficits de inteligência, comunicação, socialização, memória e consciência. (saiba mais)

(nas próximas postagem vou começar a diferenciar um pouco as teorias apresentando os modelos científico-filosóficos básicos; e por mais que não esteja aparente, assim que conseguir postar um resumo “geral” da psicologia, focarei mais nas teorias humanistas).

Carlos Eduardo Simonelli – Psicólogo    Fonte: Gestalt-terapeuta